Alimentos param de cair e IPC-S acelera alta no começo de março

REUTERS

RIO - A inflação pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) acelerou no início de março, refletindo uma retomada da alta dos custos de alimentos e a uma forte desaceleração da queda em vestuário.

A taxa foi de 0,35% na primeira prévia deste mês, ante 0,21% em fevereiro, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta segunda-feira.

Os preços de Alimentação subiram 0,24% nesta leitura, após caírem 0,12% em fevereiro.

Os de Vestuário recuaram 0,27% na primeira prévia de março, ante baixa de 0,71% no mês passado.

- Alimentação foi a classe de despesa que mais contribuiu para o acréscimo registrado na taxa do índice. A principal contribuição para este movimento partiu dos itens Hortaliças e legumes (+1,94%) e Frutas (+0,37%).

Entre os itens individuais, as maiores contribuições de alta vieram de manga, aluguel residencial, açúcar refinado, tarifa de metrô e alface.