Malásia injetará US$ 2,7 bi para reativar economia

SÃO PAULO, 5 de março de 2009 - O governo da Malásia anunciou que investirá outros 10 bilhões de ringgit (US$ 2,7 bilhões) para reativar a economia do país e manter estável a inflação perante os efeitos da crise global.

Dessa forma, o total dos gastos públicos na iniciativa chega a 17 bilhões de ringgit (US$ 4,6 bilhões), após a verba inicial de 7 bilhões de ringgit (US$ 1,9 bilhão) aprovada em novembro passado.

A nova injeção de capital será destinada, em partes iguais, a medidas adicionais de ajuda a empresas e pessoas e a construção e melhora de infraestruturas, segundo o vice-ministro das Finanças malaio, Kong Cho, que apresentará o plano ao Parlamento. Outras prioridades serão a construção de casas de baixo custo e melhorar o transporte público, além de facilitar o investimento estrangeiro.

A economia da Malásia cresceu apenas 0,1% no último trimestre de 2008, e em todo o ano teve expansão de 4,6 %, abaixo do objetivo inicial de 5%.

(Redação com agências internacionais - InvestNews)