Japonesa Nippon Steel não vai expandir controle na Usiminas

SÃO PAULO, 5 de março de 2009 - A japonesa Nippon Steel, segunda maior produtora de aço no mundo, negou especulações de que estaria cogitando adquirir mais participação acionária na Usiminas e tomar o controle acionário da companhia brasileira.

O porta-voz da companhia nipônica afirmou que a Nippon Steel nunca considerou a possibilidade de comprar mais ações da Usiminas, além dos 5,9% anunciados em 29 de janeiro.

O boato fez as ações da Usiminas dispararem nesta quarta-feira, alcançando sua maior alta nos últimos três meses. As ações ordinárias (com direito a voto) da companhia (USIM3) fecharam ontem a R$ 25,50, com valorização de 9,2%.

Também nesta quarta-feira, a Vale informou que sua diretoria aprovou a venda de 5,9% de participação acionária que a mineradora possuia da Usiminas. A Nippon Steel vai pagar R$ 594 milhões (US$ 251,1 milhões) pelas ações.

(Redação - InvestNews)