Projeções fecham em queda no curto prazo

SÃO PAULO, 4 de março de 2009 - As projeções de juros embutidos nos contratos de Depósito Interfinanceiro (DI) negociados na BM&FBovespa encerraram o dia sinalizando queda no curto prazo e leve alta no longo prazo. O DI de janeiro de 2010 registrou taxa anual de 10,67%, ante 10,69% do ajuste de ontem. Este papel teve 139,5 mil contratos fechados e giro de R$ 12,8 bilhões. O DI de abril, que concentra as apostas para a reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) da semana que vem, ficou com taxa anual de 11,90%, ante 11,93% do fechamento anterior, após 6,6 mil operações (R$ 655 milhões).

O contrato de janeiro de 2011 apontou taxa anual de 11,04%, ante 11% do último ajuste. Foram negociados 37,4 mil contratos neste vencimento e o giro foi de R$ 3 bilhões. O DI para janeiro de 2012 registrou taxa de 11,35%, frente aos 11,29% do ajuste anterior, com 67 mil operações (R$ 4,9 bilhões).

(Maria de Lourdes Chagas - InvestNews)