País prevê crescimento de 8% e inflação de 4% em 2009

SÃO PAULO, 4 de março de 2009 - A China espera crescer 8% em 2009, mantendo uma inflação de 4% no mesmo período, revela o discurso que o primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, fará amanhã no Parlamento.

No texto, entregue à imprensa, Wen Jiabao adverte que a China enfrenta "desafios sem precedentes" diante de uma crise econômica mundial que se agrava.

O premier chinês também revela que o governo antecipa um déficit no Orçamento de 950 bilhões de iuanes (US$ 140 bilhões) em 2009.

(Redação com agências internacionais - InvestNews)