Exportações de TI da Coreia do Sul caem 23,9% em fevereiro

SÃO PAULO, 4 de março de 2009 - As exportações sul-coreanas de produtos relacionados à tecnologia de informação (TI) caíram 23,9% em fevereiro, em comparação com o mesmo período do ano anterior, de acordo com dados governamentais difundidos pela agência de notícias Yonhap.

As exportações de semicondutores, telefones celulares e outros produtos de TI alcançaram US$ 7,73 bilhões, enquanto as importações diminuíram 32,1%, para US$ 3,94 bilhões, resultando em um superávit de US$ 3,79 bilhões, informou o Ministério da Economia do Conhecimento.

"Este é o quinto mês consecutivo de queda, embora a margem de redução das exportações tenha sido menor dessa vez", afirmou Seok-jin, funcionário do Ministério. Em novembro e dezembro, as exportações do setor caíram 32,6% e 39,2%, respectivamente. Em janeiro, a queda foi de 38,6%.

O superávit no setor contribui para manter o saldo positivo na balança comercial sul-coreana. De acordo com dados oficiais, as exportações de telefones celulares cresceram 2,4% em fevereiro, em termos anuais. Já as vendas de semicondutores tiveram queda de 40,6% no período em análise.

O governo da Coreia do Sul revela ainda uma redução nas exportações para a China. A vendas de produtos de TI para o gigante asiático caíram 9,4% no mês passado. Por outro lado, cresceram 4,4% as vendas do setor para o mercado norte-americano, que foram ajudadas pela forte desvalorização do won ante o dólar.

(Redação - InvestNews)