Expectativa do pacote chinês impulsiona barril

SÃO PAULO, 4 de março de 2009 - Os preços do petróleo encerraram o dia em alta, devido às especulações de que a China vai ampliar os esforços para impulsionar o crescimento econômico, o que pode elevar a demanda pela matéria-prima na terceira maior economia mundial.

O preço do barril de petróleo do tipo WTI, com vencimento em abril, encerrou com alta de 8,7%, cotado a US$ 45,29 na Bolsa de Mercadorias de Nova York (NYMEX, sigla em inglês).

Já o barril do tipo Brent, com vencimento em abril, encerrou com valorização de 5%, negociado a US$ 45,88 no ICE Exchange de Londres.

O governo chinês deve anunciar amanhã um novo plano de estímulo econômico, segundo informou Li Deshui, ex-presidente do Departamento de Estatísticas, sem especificar o montante envolvido no novo pacote. O governo pode dobrar seus gastos públicos depois que o crescimento desacelerou e chegou ao seu pior nível dos últimos sete anos.

A tendência positiva também foi influenciada pela queda dos estoques de petróleo nos Estados Unidos. As reservas norte-americanas caíram em 757 mil barris para 350,6 milhões de barris na semana passada, de acordo com o Departamento de Energia dos Estados Unidos (DOE). Os analistas apostavam em alta de 1 milhão de barris.

Seguindo tendência contrária, os estoques de gasolina registraram alta de 168 mil de barris no mesmo período de comparação, para 215,5 milhões enquanto as reservas de derivados registraram acréscimo de 1,6 milhão para 143,3 milhões.

(Redação - InvestNews)