China prepara novo plano de estímulo econômico

SÃO PAULO, 4 de março de 2009 - O governo chinês deve anunciar amanhã um novo plano de estímulo econômico, informou nesta quarta-feira Li Deshui, ex-presidente do Departamento de Estatísticas, sem especificar o montante envolvido no novo pacote.

De acordo com as agências internacionais, o governo pode dobrar seus gastos públicos depois que o crescimento desacelerou e chegou ao seu pior nível dos últimos sete anos. A China deve aumentar os investimentos públicos, além de aplicar recursos na ampliação da rede de proteção social na tentativa de manter a estabilidade social, de acordo com o Partido Comunista Chinês (PCC).

No último trimestre do ano passado, a economia da China teve expansão de 6,8%, ficando muito abaixo do crescimento de dois dígitos que vinha apresentando nos anos anteriores.

No final de 2008, o governo chinês anunciou um plano de estímulo econômico de 4 trilhões de iuanes (US$ 585 bilhões) na tentativa de impedir a brusca desaceleração da terceira maior economia do mundo.

(Redação - InvestNews)