WinTrade mantém recomendação em março

SÃO PAULO, 3 de março de 2009 - A WinTrade divulgou a carteira recomendada de ações para o mês de março, que permanece igual a de fevereiro. 'Isso porque ainda acreditamos nos bons fundamentos das empresas sugeridas e que, no médio e longo prazo, devem apresentar desempenho superior ao da Bovespa', diz um comunicado.

A carteira da WinTrade teve rendimentos de 1,46%, enquanto o Ibovespa caiu 1,73%. No ano, o portifólio sugerido apresenta um retorno positivo de 3,08%, frente a 1,69% do principal índice da bolsa.

O destaque ficou por conta das ações preferenciais da Petrobras e da Aços Villares. A petrolífera reagiu bem tanto às declarações de seu presidente, de que não pretende, por enquanto, ajustar para baixo os preços da gasolina, quanto ao comportamento do preço do petróleo, que pelo terceiro mês consecutivo conseguiu se sustentar acima dos US$ 45,00 por barril. Os ativos da siderúrgica, por sua vez, subiram 8,08% no mês, recuperando-se da queda exagerada dos últimos meses.

No caso da mineradora Vale, as ações sofreram o impacto da piora no cenário econômico mundial, mas, de qualquer maneira, acumulam alta anual de 9,47%. Já os papéis do Bradesco continuam refletindo o desempenho ruim de seus pares internacionais. 'É importante ressaltar que diante da magnitude de perdas das ações do setor financeiro lá de fora, a queda de 0,41% apresentada pelo Bradesco no mês pode ser considerada um bom desempenho.'

A recomendação da WinTrade é Vale (VALE5), Petrobras (PETR4), Bradesco (BBDC4), Ccr Rodovias (CCRO3) e Aços Villares (AVIL3).

(Redação - InvestNews)