Vale demite 900 pessoas de sua operação global de níquel

REUTERS

SÃO PAULO - A mineradora Vale reduziu a força de trabalho em sua operação global de níquel, comandada pela subsidiária Vale Inco, em 900 posições, informou a companhia nesta terça-feira.

A Vale disse que os cortes concentram-se em áreas de gestão e de suporte aos negócios, com eliminação de vagas em várias partes do mundo.

- Infelizmente, as duras decisões anunciadas hoje são necessárias nesses tempos excepcionais- afirmou Tito Martins, presidente-executivo da Vale Inco, em comunicado.