Tesouro americano detalha modalidades de recapitalização dos bancos

Agência AFP

WASHINGTON - O Tesouro americano anunciou nesta segunda-feira as novas modalidades de recapitalização pelo Estado, que consistirão, se o setor privado não conseguir responder às necessidades de capital, na emissão de ações preferenciais conversíveis em ações comuns.

Estas modalidades, que explicam como o Tesouro levará adiante o plano de estabilidade financeira votado pelo Congresso em outubro, serão aplicadas a partir de quarta-feira.

- A primeira etapa consistirá em avaliar as necessidades em capitais dos grandes estabelecimentos bancários americanos no contexto econômico mais difícil- afirmou.

- Para os bancos com necessidade de capital, os estabelecimentos terão uma oportunidade de buscar, primeiro, fontes privadas de capital- explicou o Tesouro.

Se a oferta privada não for suficiente, as finanças públicas serão colocadas à disposição.

- Todo capital do Estado será sob forma de ações preferenciais obrigatoriamente conversíveis, que serão convertidas em ações comuns somente se for necessário com o tempo para manter os bancos em uma posição bem capitalizada- acrescenta o Tesouro.