Problemas levam Avimed a transferir carteira

SÃO PAULO, 20 de fevereiro de 2009 - A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) decretou a alienação compulsória da carteira de beneficiários da operadora Aviccena Assistência Médica (Avimed).

Agora, a operadora terá 30 dias corridos para transferir para outra empresa sua carteira de cerca de 215 mil beneficiários, distribuídos na cidade de São Paulo, Baixada Santista e ABC paulista.

Em regime de direção fiscal e direção técnica desde abril de 2008, a Aviccena não conseguiu recuperar-se de graves problemas assistenciais e econômico-financeiros. Os administradores da operadora tiveram seus bens indisponíveis e continuam responsáveis pela cobertura assistencial dos beneficiários até que seja concluída a transferência da carteira. Só depois, então, a operadora será submetida ao processo de liquidação extrajudicial.

"Se a empresa não conseguir negociar sua carteira no prazo definido, a ANS publicará edital de convocação à praça e fará oferta pública. A intenção é evitar que o beneficiário fique sem assistência e faremos o que for possível para que a transferência da carteira seja feita para outra empresa que ofereça condições similares de cobertura assistencial, mensalidades e absorção das carências já cumpridas", afirma o Diretor de Normas e Habilitação de Operadoras, Alfredo Cardoso.

A medida consta da Resolução Operacional nº 599, publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira.

(Redação - InvestNews)