Por telefone, Sarkozy e Berlusconi discutem medidas anticrise

Agência ANSA

ANSA - O presidente da França, Nicolas Sarkozy, telefonou nesta sexta-feira para o premier italiano, Silvio Berlusconi, com quem discutiu a adoção de medidas para fazer frente à crise econômica mundial.

O diálogo ocorre a dois dias de um encontro em Berlim, na Alemanha, do qual participarão os governos dos países europeus que fazem parte do G20 (grupo que reúne as sete economias mais desenvolvidas do mundo mais os emergentes).

A reunião, marcada para domingo, servirá como uma prévia da Cúpula do G20, que ocorre no dia 2 de abril em Londres.

Segundo uma nota divulgada pelo governo italiano, durante a ligação Sarkozy ressaltou a necessidade de encontrar soluções concretas para enfrentar a crise já neste encontro de Berlim.

O comunicado afirma que Berlusconi concordou com a avaliação do líder francês. Durante a conversa, ele também lembrou momentos da visita que o premier britânico, Gordon Brown, fez a Roma esta semana.

Berlusconi e Brown se reuniram para falar sobre medidas anticrise. Dentre elas, o premier italiano citou a possibilidade de nacionalizar bancos. Ambos os governantes também condenaram o recurso a práticas protecionistas.

O encontro serviu, além disso, para debater a participação dos emergentes Brasil, Índia, China, México, África do Sul e Egito na próxima cúpula do G8 (grupo das sete maiores economias do mundo mais a Rússia), que acontece em julho na Itália.