LG Electronics apresenta estratégia para emergentes

SÃO PAULO, 10 de fevereiro de 2009 - A LG Electronics, segunda maior companhia sul-coreana de eletrodomésticos, anunciou hoje que planeja expandir sua atuação em mercados emergentes, ampliando sua presença em 30% nos principais países, para depois ingressar em outras nações.

Ao se referir a estratégia de lançar telefones celulares em países emergentes, Nam Yong, vice-presidente da LG Electronics, afirmou que "iremos centrar nossas atenções nos principais mercados para elevar em 30% nossa presença". "Em seguida, expandiremos nossas operações para outros lugares", acrescentou.

Nam enfatizou a importância do mercado de produtos de alta qualidade nas economias emergentes e ressaltou que China, Oriente Médio e África são potenciais países em que a LG Electronics pretende atuar.

A fabricante sul-coreana de produtos eletrônicos registrou um prejuízo líquido no valor de 671,3 bilhões de wons (US$ 489 milhões) no quarto trimestre de 2008, ante lucro líquido de 621,3 bilhões de wons observado no mesmo período do ano anterior.

O resultado, que representou a primeira perda líquida registrada pela LG Electronics em sete trimestres, foi influenciado pelos efeitos negativos da crise financeira mundial sobre a demanda de segmentos explorados pela companhia, como a telefonia móvel, por exemplo.

Em comunicado, a empresa também divulgou um crescimento de 12% nas vendas entre outubro e dezembro do último ano, para 6,59 trilhões de wons, em comparação a igual período de 2007. Já o prejuízo operacional da LG Electronics foi de 309,8 bilhões de wons.

(Redação - InvestNews)