China foi em janeiro o primeiro mercado automobilístico

Agência AFP

PEQUIM - A China foi em janeiro o principal mercado automobilístico, mundial à frente dos Estados Unidos, segundo a imprensa chinesa, pelo desabamento no mês passado do mercado americano, até então número um.

No entanto, os analistas atribuem a mudança a particularidades da temporada, e disseram que o mercado chinês ainda não conquistou a liderança mundial a longo prazo.

Citando Dong Yang, diretor adjunto da Associação de Construtores chineses, o canal de televisão CCTV anunciou que o país asiático vendeu 735.500 automóveis em janeiro.

Segundo estimativas preliminares do gabinete especializado Autodata, as vendas nos Estados Unidos não passarem de 656.976 unidades em janeiro, o que significa uma queda de 37% em ritmo anual.

- Janeiro foi um mês especial pelo Novo Ano Lunar, porque os chineses, por tradução, compram automóveis novos neste período- destacou John Zeng, analista da Global Insight em Xangai.

Pelo contrário, o consumo dos ocidentais é menor no período posterior ao Natal.

- A China teve um bom mês e os Estados Unidos tiveram provavelmente o pior mês em muito tempo. Continuamos sem pensar que a China vá superar os Estados Unidos este ano-indicou Michael Dunne, analista da JD Power.

O mercado chinês, habituado a um aumento das vendas de mais de 20%, registrou em 2008 um crescimento de um só dígito pela primeira vez desde 1999, a mais de 6,7% em ritmo anual.