Sarkozy anuncia ? 6,5 bilhões às montadoras

SÃO PAULO, 9 de fevereiro de 2009 - O presidente francês, Nicolas Sarkozy, anunciou hoje um plano de ajuda ao setor automobilístico com empréstimos de um total de ? 6,5 bilhões à PSA Peugeot-Citroën, Renault e Renault Trucks, sob condição de manutenção das fábricas na França e, se possível, dos empregos.

"Para que os construtores possam se preparar tranquilamente para o futuro, o Estado vai conceder a cada um de nossos grandes construtores um empréstimo de ? 3 bilhões de uma duração de cinco anos", declarou Sarkozy ao final de um encontro com dirigentes do setor automobilístico.

Segundo o secretário de Estado da Indústria Luc Chatel, a Renault Trucks, filial da Volvo group, receberá um empréstimo de aproximadamente ? 500 milhões.

Em troca destes empréstimos a taxas preferenciais de 6%, a "Renault e a PSA se comprometeram a não fechar nenhuma de suas fábricas no período de duração do contrato e de fazer tudo para evitar demissões", insistiu o presidente.

Este plano prevê também a duplicação da ajuda aos estabelecimentos de crédito da Renault e PSA, anunciada em dezembro dentro de um plano de retomada da economia, a ? 2 bilhões. A ajuda aos terceirizados deste setor também foi duplicada a ? 600 milhões.

O acordo inclui, também, uma convenção que aumenta a indenização do desemprego parcial dos empregados do setor em contrapartida da manutenção do emprego pelos construtores. As montadoras representam aproximadamente 10% do emprego na França.

(Redação com agências internacionais - InvestNews)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais