Obama cria força-tarefa que vai propor medidas para a classe média

Agência AFP

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama anunciou o lançamento de um grupo de trabalho liderado pelo vice-presidente, Joe Biden, que será responsável pela elaboração de medidas que favoreçam a classe média. Obama disse que os pobres também não serão esquecidos.

Joe Biden informou que a primeira reunião do grupo acontecerá em fevereiro, na Filadélfia. Segundo ele, uma classe média forte equivale a um país forte. - Não podemos ter um sem o outro - acrescentou.

O grupo de trabalho será formado por funcionários de alto escalão do governo que, além de suas sessões ordinárias, terão encontros com representantes de sindicatos, empresas e grupos comunitários, informou a Casa Branca. Entre as metas fixadas se encontram a expansão da educação, a melhora da conciliação da vida de trabalho e familiar e a proteção da aposentadoria.

Ao anunciar a criação da força-tarefa, Obama disse que a crise econômica é um desastre continuado para os americanos e voltou a pedir ao Congresso que aprove rapidamente o pacote de estímulo à economia, de mais de US$ 800 bilhões.

- A recessão está se aprofundando, e a urgência de nossa crise econômica está crescendo. Ontem, alcançamos um novo patamar: o maior número de americanos recebendo benefícios do seguro-desemprego - enfatizou.

- Todo dia parece haver uma nova rodada de demissões, novas rodadas de empregos perdidos e famílias com suas vidas viradas de cabeça para baixo. Isso é um desastre continuado para as famílias americanas - concluiu.