Fundos de private equity não morreram, diz investidor

Portal Terra

TERRA - O investidor Henry Kravis, fundador da empresa de private equity Kohlberg Kravis Roberts, afirmou nesta sexta-feira, durante do Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça, que esse tipo de fundo "não morreu", de acordo com o New York Times.

No momento em que o acesso ao crédito é baixo, o private equity, que depende de financiamento, perde força, ainda segundo o jornal.

Os fundos de private equity reúnem pessoas interessadas em investir empresas de médio e pequeno porte que não possuem ações em bolsas de valores. O lucro é conseguido com o possível lançamento de papéis.

Para Kravis, a situação já foi pior e afirmou que ainda haverá oportunidade de se investir em fundos desse gênero.