Projeções de curto prazo recuam na BM&FBovespa

SÃO PAULO, 21 de janeiro de 2009 - As projeções de juros negociada na BM&FBovespa abre o dia apontando para baixo nas taxas de curto prazo refletindo a perspectiva de que o Comitê de Política Monetária (Copom) reduzirá o juro em pelo menos 0,50 ponto percentual na reunião de hoje. No longo prazo, entretando, as taxas sobem influenciadas pelo tom de cautela dos mercados internacionais.

Há pouco, o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) de janeiro de 2010, o mais líquido, indicava juro anual de 11,20% contra 11,24% do ajuste anterior. Abril de 2009 recuava de 12,57% para 12,55%, enquanto que julho de 2009 passava de 11,97% para 11,94% ao ano. Nos mais longos, o DI para janeiro de 2012 subia de 11,26% para 11,29%, ao passo que janeiro de 2011 mantinha-se em 11,27%.

(Simone e Silva Bernardino - InvestNews)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais