Futuro secretário do Tesouro promete agir com força e rapidez

Agência AFP

WASHINGTON - Timothy Geithner, escolhido por Barack Obama para dirigir o Tesouro, prometeu nesta quarta-feira ao Congresso agir com "força" e "rapidez" para levantar a economia americana, em recessão, durante audiência ante uma comissão do Senado.

Em seu depoimento por escrito distribuído à imprensa, Geithner prometeu, também, "renovar a fé dos americanos em nosso futuro econômico".

Durante o debate na Comissão das Finanças do Senado, Geithner não mencionou os erros cometidos em suas declarações do imposto de renda, revelados na semana passada.

O presidente da Comissão, Max Baucus, declarou, sem explicações preliminares, durante a abertura da audiência nesta quarta-feira, que esses enganos foram cometidos de "boa fé"

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais