Déficit da Previdência tem 1ª queda no governo Lula em 2008

Portal Terra

SÃO PAULO - A Previdência Social encerrou 2008 com déficit (saldo negativo) de R$ 36,2 bilhões, resultado de uma arrecadação de R$ 163,3 bilhões e despesa de R$ 199,5 bilhões, segundo informou o ministério da Previdência Social nesta quarta-feira. É a primeira queda registrada no déficit desde o início do governo de Luiz Inácio Lula da Silva.

Em 2003, a diferença entre arrecadação e despeda foi de R$ 26,4 bilhões - valor que aumentou para R$ 44,8 bilhões em 2007. O ministério havia projetado um déficit de R$ 43,9 bilhões no início de 2008.

A necessidade de financiamento em percentual do Produto Interno Bruto (PIB) pode chegar a apenas 1,25% no ano - a maior queda desde 1995, quando foi necessária pela primeira vez a complementação do Tesouro Nacional para o pagamento de benefícios. Em 2007, a parcela foi de 1,73%.

Na área urbana, o resultado do regime geral da Previdência em 2008 foi de R$ 1,1 bilhão, que representa a diferença entre o que foi arrecadado (R$ 158,3 bilhões) e o que foi pago em benefício (R$ 159, 5 bilhões). Na zona rural a necessidade de financiamento da Previdência em 2008 foi de R$ 35 bilhões, quando foram arrecadados R$ 4,9 bilhões e pagos R$ 39,9 bilhões.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais