Taxas do empréstimo pessoal e cheque especial caem

SÃO PAULO, 20 de janeiro de 2009 - Após sucessivas altas, os juros para empréstimo pessoal e cheque especial caíram em janeiro, segundo levantamento da Fundação Procon-SP. A pesquisa análisou as duas modalidades em dez instituições financeiras (Banco do Brasil, Bradesco,Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú, Nossa Caixa, Real, Safra, Santander e Unibanco).

No empréstimo pessoal, a taxa média dos bancos pesquisados foi de 6,01% ao mês (a.m.) - queda de 0,24 ponto percentual em relação a dezembro. Já no cheque especial a taxa média foi de 9,25% ao mês. ficando 0,08 ponto percentual abaixo do registrado no mês anterior. A única elevação no cheque especial partiu da Nossa Caixa, que alterou de 8,50% para 8,80% ao mês.

Considerando que existe a possibilidade de variação da taxa do empréstimo pessoal em função do prazo do contrato, foi estipulado o período de 12 meses, já que todos os bancos pesquisados trabalham com este prazo. Vale lembrar, também, que os dados coletados referem-se a taxas máximas pré-fixadas para clientes não preferenciais, sendo que para o cheque especial foi considerado o período de 30 dias.

(VS - InvestNews)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais