Projeções terminam em queda no mercado futuro

SÃO PAULO, 20 de janeiro de 2009 - A maioria das projeções de juros embutidos nos contratos de Depósito Interfinanceiro (DI) negociados na BM&FBovespa fechou o dia sinalizando queda. O DI de janeiro de 2010, o mais líquido, registrou taxa anual de 11,25%, ante 11,36% do ajuste da véspera. Este papel teve 224,7 mil contratos fechados e giro de R$ 20,3 bilhões. O DI de fevereiro de 2009, que concentra as apostas para o encontro do Copom, apontou taxa de 12,93%, ante 13,06% do último fechamento, após 87,9 mil negócios e giro de R$ 8,7 bilhões. Julho registrou juro de 11,99%, contra 12,04% do ajuste passado, com 72,8 mil operações (R$ 6,9 bilhões).

O contrato de janeiro de 2011 apontou taxa anual de 11,26%, contra 11,38% do último ajuste. Foram negociados 18,8 mil contratos neste vencimento e o giro foi de R$ 1,5 bilhão. O DI para janeiro de 2012 registrava taxa de 11,26%, frente aos 11,44% do ajuste anterior, com 5,1 mil operações (R$ 5,1 bilhões).

(Simone e Silva Bernardino - InvestNews)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais