Volks lança PDV para dispensar 350 funcionários afastados

Portal Terra

TERRA - A Volkswagen lançou, na segunda e terça-feira, um Programa de Demissão Voluntária (PDV) especial para funcionários que estão afastados da empresa por doenças funcionais (relacionadas à função que desempenham). Segundo a montadora, o objetivo é a adesão de 350 empregados, sendo 250 na fábrica de São Bernardo do Campo (SP) e 100 na fábrica de Taubaté (SP).

A iniciativa foi lançada inicialmente na fábrica de São Bernardo na segunda e foi estendida para a unidade de Taubaté na terça. A Volks, por meio de sua assessoria de imprensa, destacou que ainda não tem parciais da adesão ao programa e ressaltou que a iniciativa não serve para reduzir o quadro em tempos de crise e sim para cumprir uma cláusula do acordo coletivo fechado com o sindicato da categoria em 2006.

A montadora informou que, para ter acesso ao PDV, o funcionário deve estar licenciado e apresentar um atestado emitido por perito do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). Atualmente, a Volks conta com 22 mil funcionários.

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, o PDV da Volkswagen é uma boa opção para os funcionários afastados pois eles receberão uma série de benefícios para se desligarem da empresa.