Prefeitura pode cobrar explicações da GM

SÃO PAULO, 14 de janeiro de 2009 - Os representantes do Sindicado dos Metalúrgicos de São José dos Campos se reuniram ontem com secretários da Prefeitura da região para discutir sobre os 802 cortes da General Motors.

Os dirigentes sindicais abordaram que esperam um posicionamento da prefeitura em relação às demissões em massa anunciada pela empresa. Em comunicado, o sindicato avaliou que a prefeitura pode chamar a GM para exigir explicações e cobrar a readmissão dos demitidos.

No ano passado, a prefeitura concedeu a GM milhões de reais em isenção fiscal.

(Redação - InvestNews)