Índices europeus despencam após notícias de recessão

SÃO PAULO, 14 de janeiro de 2009 - Diante de tantas notícias ruins vindas da economia real, as bolsas da Europa reagem mal. Instantes atrás, na Bolsa de Londres, o FTSE-100 caía 4,03%, para 4.221pontos. O indicador CAC-40 da bolsa de Paris recuava 3,14%, aos 3.097 pontos. Já em Frankfurt, o DAX registrava desvalorização de 3,3% (4.484 pontos).

A produção industrial da zona do euro caiu pelo sétimo mês consecutivo em novembro, sinalizando um aprofundamento da recessão e aumentando as apostas do mercado de que o Banco Central Europeu (BCE) irá cortar a taxa de juro de maneira acentuada amanhã.

A produção industrial nos 15 países que compõe a zona do euro e nos 27 que compõe a União Europeia caiu 1,6% em novembro em ambas regiões, ante outubro, e 7,7% na comparação anual, informou a agência de estatísticas da União Europeia nesta quarta-feira.

Hoje, a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômicos (OCDE) reafirmou a previsão de recessão na zona euro no primeiro semestre deste ano. A organização advertiu que há grandes riscos para as perspectivas de crescimento, mas considera pouco provável que a deflação agrave os problemas.

(Redação - InvestNews)