Elevação do PIB frente Alemanha é natural

SÃO PAULO, 14 de janeiro de 2009 - O fato de o Produto Interno Bruto (PIB) da China ter ultrapassado o da Alemanha em 2007 é um ´processo natural´, avaliou o professor de Economia da Trevisan Escola de Negócios, Alcides Leite. Ele destacou que a China é um País em desenvolvimento, e com uma população muito grande, fatores que, segundo ele, ´colaboram para o rápido crescimento econômico.´

´A China tem mais de um bilhão de habitantes, contra 80 milhões na Alemanha. Ou seja, a China é 15 vezes a Alemanha´, ressaltou. ´Qualquer elevação per capita em um país com esse contingente habitacional já causa uma boa elevação no PIB´, disse.

O economista acrescentou que o resultado não traz nenhum malefício para a economia alemã e não tem relação com a crise financeira mundial. ´Os dados são de 2007, período anterior à crise´, lembrou. No entanto, ele acrescentou que a crise deverá acentuar essa tendência.

O professor ressaltou que, quando considerado o PIB por paridade de poder de compra (ajustado ao poder de compra da moeda no país), a China é considerada a 2º economia mundial. ´Como um país em desenvolvimento, a China oferece mão-de-obra e produção baratos, isso baixa o custo de vida, aumentando o poder de compra da moeda.´

(Carina Urbanin - InvestNews)