Depois de dois dias, dólar volta a cair

SÃO PAULO, 14 de janeiro de 2009 - Após acumular valorização de 2,4% nas duas últimas sessões, o dólar voltou a operar em queda nesta manhã frente a seus principais pares, influenciado pela recuperação das commodities e o clima de cautela que antecede a divulgação de uma série de indicadores importantes sobre a economia dos Estados Unidos. Instantes atrás, o dólar caía 0,39%, para R$ 2,315 na compra e R$ 2,318 na venda.

Em Wall Street, os destaques do dia são as vendas no varejo, índice de preços das importações, estoques de empresas e estoques de petróleo semanais e o livro Bege. Aqui, o Banco Central divulga o fluxo cambial semanal e realiza leilão de dólares destinados ao crédito à exportação.

Na Europa, o governo britânico anunciou um pacote de medidas para apoiar as pequenas e médias empresas durante a recessão, incluindo um programa de garantia de empréstimos de 20 bilhões de libras. Mas por outro lado, na Alemanha, o Escritório Federal de Estatísticas estimou que o PIB do país provavelmente teve retração entre 1,5% a 2% no quarto trimestre de 2008 em relação ao trimestre anterior. No velho continente, os principais índices amargam perdas.

(Simone e Silva Bernardino - InvestNews)