Atividade de NY e Filadelfia pode vir ruim, diz economista

SAO PAULO, 14 de janeiro de 2009 - O Livro Bege sinalizou que os dados sobre a atividade de Nova York e da Filadelfia, que serão divulgados amanhã, podem vir bem ruins, uma vez que as duas regiões estão inclusas no documento. A afirmacão é de André Perfeito, economista da Gradual Corretora.

Hoje, o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), divulgou o Livro Bege, documento elaborado pelos doze escritórios regionais da entidade monetária. O relatório apontou que as condições da atividade econômica global se enfraqueceram na maior parte dos distritos. De acordo com o Fed, isto ocorreu em função da falta de crédito e da desaceleração econômica que assola os Estados Unidos. Os distritos em geral apontaram queda no setor industrial, principalmente durante a temporada de férias.

Para o economista da Gradual Corretora, o Livro também confirmou que a maioria dos distritos estão passando por um proceso de desaceleração em função da crise financeira mundial, o que não trouxe surpresas para o mercado.

Mesmo as informações de desaceleração econômica, indicadas no Livro Bege, André Perfeito avalia que o destaque negativo da sessão de hoje foi as vendas no varejo norte-americano, que cairam muito mais do que o mercado esperava.

'Os dados confirmam que a recessão virá de forma rigorosa e duradoura, nem Barack Obama resolverá a situação de forma rápida. Agora como a política monetária chegou no seu limite, o Fed vai atuar de forma pontual', destacou o economista.

(Déborah Costa - InvestNews