Lucro líquido da Cargill cresce 25%

SÃO PAULO, 13 de janeiro de 2009 - A Cargill, fornecedora internacional de produtos e serviços para os setores agrícola, alimentício e de gerenciamento de risco, informou hoje que registrou um lucro líquido de US$ 1,19 bilhão no seu segundo trimestre fiscal de 2009, encerrado em 30 de novembro, o que representa um aumento de 25% em relação aos US$ 954 milhões obtidos no mesmo período do ano anterior.

Nos primeiros seis meses do ano fiscal, a companhia apresentou ganhos de US$ 2,68 bilhões, um crescimento de 43% em relação aos US$ 1,87 bilhão registrados no ano anterior.

De acordo com o comunicado da companhia norte-americana, os investimentos da Cargill na indústria de fertilizantes, por meio da participação na Mosaic Company - segunda maior fabricante de fertilizantes da América do Norte -, contribuíram significantemente para os resultados da empresa.

"A Cargill apresentou um desempenho sólido no período em análise como em nenhum outro", disse Greg Page, presidente e chefe-executivo da Cargill. Segundo Page, o sistema financeiro mundial foi submetido a fortes tensões, a energia e as commodities agrícolas registraram quedas acentuadas de preço, e riscos de recessão tomaram conta das economias desenvolvidas, o que levou a um agravamento do cenário econômico. Mas "devido ao foco da Cargill nos fundamentos de mercado e gestão de riscos, fomos capazes de trabalhar com segurança através das condições excessivamente voláteis", acrescentou.

Page afirmou ainda que o resultado positivo da empresa permitiu o acesso ininterrupto da empresa ao mercado de crédito de curto prazo.

(MR - InvestNews)