Estados Unidos têm o menor déficit desde 2003

Jornal do Brasil

WASHINGTON - A balança comercial dos Estados Unidos em novembro apresentou déficit de US$ 40,2 bilhões, o menor desde novembro de 2003, quando foi de US$ 40 bilhões, informou nesta terça-feira o Departamento de Comércio do país. No mês anterior, o déficit tinha sido de US$ 56,7 bilhões, o que faz o déficit se reduzir em 28,7% em apenas um mês o maior índice desde os 34,9% de setembro para outubro de 1996.

O forte recuo foi causado pelas importações, que caíram 12% de outubro para novembro a maior queda da série histórica , e passaram de US$ 208,2 bilhões para US$ 183,2 bilhões. As exportações também tiveram queda, mas menor: de 5,8%, para US$ 142,8 bilhões.

No acumulado do ano, o déficit da balança comercial americana é de US$ 688,2 bilhões no mesmo período de 2007, era de US$ 700,3 bilhões.

O petróleo cru teve participação importante na redução do déficit de novembro. O país importou US$ 17,452 bilhões da matéria-prima naquele mês, contra US$ 29,839 bilhões queda de 41,5% no período.

A redução, porém, é pautada mais pela queda do preço da commodity do que necessariamente pelo volume comprado pelos americanos. O volume de petróleo cru importado recuou 19,3% no mês de 324,2 milhões de barris para 261,6 milhões de barris.

Fusão do Citigroup

O Citigroup confirmou que está em conversas com o Morgan Stanley sobre a fusão de suas operações de corretagem.

Em comunicado divulgado nesta terça, o Citigroup disse que mantém discussões para combinar sua corretora Smith Barney com a área de gestão de riquezas do Morgan Stanley. Segundo a nota, nenhum acordo foi fechado até agora.

A expectativa é de que o Citigroup tenha uma fatia de 49% na joint venture e receba pagamento de US$ 2,5 bilhões do Morgan Stanley, de acordo com pessoas que acompanham a negociação.

O Morgan Stanley deve comprar toda a participação do Citigroup em poucos anos, acrescentaram as fontes.

Analistas têm ampliando sua estimativa de prejuízo para o Citigroup após notícias de que o terceiro maior banco norte-americano poderia divulgar perda operacional de US$ 10 bilhões no quarto trimestre. O resultado está previsto para o dia 22.

Bovespa descolada

O índice Dow Jones, que reúne as ações americanas mais negociadas, caiu 0,30% nesta terça-feira, e acumula baixa de 3,74% em janeiro.

Já a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) encerrou os negócios com valorização modesta, puxada pelas ações líderes da Vale e Petrobras, que respondem por cerca de 30% do volume diário. O termômetro da Bolsa, o Ibovespa, valorizou 0,36% no fechamento e alcançou os 39.544 pontos. O giro financeiro foi de R$ 3,66 bilhões. No mês, o índice computa valorização de 5,31%.

O dólar bateu R$ 2,32, em alta de 1,35%, com duas intervenções do Banco Central, que vendeu ao mercado US$ 500 milhões para recompra futura.