Bernanke diz que mais ações são necessárias para bancos

REUTERS

REUTERS - O chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, afirmou nesta terça-feira que somente estímulo fiscal não será suficiente para promover uma recuperação duradoura da economia norte-americana e que mais medidas voltadas a bancos podem ser necessárias.

- Ações fiscais não devem promover uma recuperação duradoura, a menos que sejam acompanhadas por medidas fortes para uma estabilização futura e para o fortalecimento do sistema financeiro - disse Bernanke em um evento na London School of Economics.

No primeiro discurso sobre o tema desde o início de dezembro, Bernanke disse que, embora um esperado pacote de estímulo fiscal pode promover um "impulso significativo" para a economia, o governo pode ter que injetar mais capital nos bancos.

Ele também afirmou que uma grande quantidade de ativos depreciados no balanço dos bancos dificultou a obtenção de capital e a aquisição de empréstimos por essas instituições.

Bernanke acrescentou que o governo pode considerar a compra de ativos problemáticos, fornecendo garantias em ativos ou criando uma instituição para comprar ativos podres de bancos em troca de dinheiro e ações.

- Com a piora das perspectivas de crescimento da economia, a continuidade das perdas de crédito e a depreciação de ativos podem manter por algum tempo a pressão sobre o capital e o balanço das instituições financeiras - acrescentou.

ECONOMIA GLOBAL É ATINGIDA

Bernanke disse que a forma como os governos respondem à crise financeira determinará o momento e a força da recuperação.