País pretende criar 9 milhões de empregos em 2009

SÃO PAULO, 30 de dezembro de 2008 - O Ministro dos Recursos Humanos e da Segurança Social, Yin Weimin, afirmou hoje que a China pretende criar nove milhões de novos postos de trabalho em distritos urbanos no próximo ano. Yin disse que a China pretende manter a taxa de desemprego urbano abaixo dos 4,6% em 2009.

A taxa de desemprego urbano nos últimos cinco anos caiu 4,3%, mas a meta deste ano foi fixado em 4,5%, devido à grave situação.

O governo tenta reduzir os encargos das entidades patronais através de métodos como a diferir o pagamento dos fundos de segurança social.

Números do Ministério da Agricultura de 10 províncias e municípios revela que cerca de 7,8 milhões de trabalhadores migrantes voltaram para casa mais cedo do que em anos anteriores.

(Redação com agências internacionais - InvestNews)