Bolsa de Tóquio tem pior ano de sua história

SÃO PAULO, 30 de dezembro de 2008 - A Bolsa de Tóquio encerrou nesta terça-feira o pior ano de sua história, com o índice Nikkei recuando 42,12%, afetado principalmente pela queda nas exportações dos grandes grupos japoneses devido à crise mundial.

Trata-se da maior queda percentual da história do Nikkei (que reúne os 225 principais papéis), criado em 1949.

No pregão de hoje, o último do ano e que durou apenas duas horas, o Nikkei ganhou 112,39 pontos ou 1,28%, fechando a 8.859,56 unidades.

O setor mais afetado em 2008 foi o automobilístico, com as montadoras japonesas reduzindo drasticamente seus lucros após a queda da demanda nos Estados Unidos e na Europa e a elevação do iene em relação ao dólar e ao euro.

A maior montadora do planeta, Toyota, perdeu a metade de seu valor em Bolsa em 2008, sendo mais afetada que concorrentes como Nissan ou Madza.

A Bolsa de Tóquio reabrirá no próximo dia 5 de janeiro, às 03h30 no horário de Brasília.

(Redação com agências internacionais - InvestNews)