Parlamento exige impeachment de chefe do Banco Central

SÃO PAULO, 29 de dezembro de 2008 - Na última sexta-feira o Parlamento da Ucrânia exigiu a demissão de Volodymyr Stelmakh, presidente do Banco Central, sob acusação de corrupção e também em razão do colapso da grivnas, moeda oficial do país na Europa Oriental.

O Primeiro-Ministro Yulia Tymoshenko apoiou a moção, acusando Stelmakh de empenhar-se em especulações no mercado nacional de valores mobiliários em busca de ganho pessoal.

"Exijo que o Presidente da Ucrânia levante imediatamente uma proposta ao Parlamento para demitir o funcionário do Banco Central, e para mudar completamente o Banco do órgão administrativo", acrescentou Tymonshenko.

O Parlamento decidiu na semana passada criar uma comissão para investigar as atividades do Banco Central durante a crise financeira.

Por outro lado, Volodymyr Stelmakh nega as acusações feitas contra ele, principalmente por ser o responsável pela queda para níveis históricos de grivnas.

(Redação com agências internacionais - InvestNews)