Mercado reduz previsão do IPCA para 2009 pela 5ª vez

SÃO PAULO, 29 de dezembro de 2008 - O mercado financeiro continua apostando numa queda da inflação para o próximo ano. Segundo o Boletim Focus, divulgado há pouco pelo Banco Central (BC), os especialistas reduziram de 5,02% para 5% a previsão do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) para 2009. Para este ano, a projeção se mantém em 6,03%. Esta é a quinta queda na estimativa.

Para o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), medido pela Fundação Instituto de Pesquisa Econômica (Fipe) da Universidade de São Paulo (USP), a estimativa também se manteve em 6,43% neste ano. Para 2009, porém, a estimativa para o IPC subiu de 4,73% para 4,77%.

Para o mercado atacadista, a projeção do Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) também é a mesma para este ano e para 2009 de 9,58% e 5,5%, respectivamente. Já a estimativa para o Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) caiu de 9,99% para 9,95% neste ano, e ficou inalterada em 5,5%, em 2009.

Quanto aos preços administrados por contrato, a projeção caiu de 5,20% para 5,04% no próximo ano e se elevou de 3,48% para 3,50% neste ano. Esse indicador regula os valores cobrados por serviços monitorados (combustíveis, energia elétrica, telefonia, medicamentos, água, educação, saneamento, transporte urbano coletivo e outros).

(PD - InvestNews)