Confiança das empresas na economia é a menor desde 1991

SÃO PAULO, 29 de dezembro de 2008 - O índice de confiança das empresas italianas na economia medido pelo Instituto ISAE registrou declínio de 66,6 pontos em dezembro, cifra revisada frente à baixa de 71,6 pontos em novembro. O resultado foi o mais baixo desde janeiro de 1991, época em que o índice começou a ser medido, o que sinaliza que a crise financeira mundial está afetando a terceira maior economia da zona do euro. De acordo com o instituto, o arrefecimento no índice ocorreu devido a uma queda nas novas encomendas, além de um colapso na produção.

O ISAE também informou que as empresas têm relatado dificuldades na obtenção de crédito e sofrido entraves no mercado de exportações. O mercado estima que a economia italiana registre neste ano uma contração de 0,5% e, em 2009, uma queda de 1%. Estes seriam os dois primeiros anos consecutivos de recessão econômica desde a Segunda Guerra Mundial.

(Redação com agências internacionais - InvestNews)