Ministério libera mais R$ 222 milhões para cafeicultores

Danilo Macedo, Agência Brasil

BRASÍLIA - O Ministério da Agricultura (Mapa) liberou nesta terça-feira, mais R$ 222,9 milhões para o setor da cafeicultura. Os recursos, do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé), serão divididos entre linhas de estocagem, R$ 191 milhões, Financiamento para Aquisição de Café (FAC), R$ 14,3 milhões e lavouras afetadas por chuva de granizo em Minas Gerais, R$ 17,5 milhões.

Nesta segunda-feira, o ministério já havia liberado R$ 160 milhões, sendo R$ 60 milhões para que os cafeicultores mineiros possam recuperar suas plantações atingidas pelas chuvas de granizo. Em nota, o diretor do Departamento do Café, Lucas Tadeu Ferreira, disse que neste ano já foram repassados aos agentes financeiros R$ 2,1 bilhões.

- O orçamento do Funcafé, para 2008, é de R$ 2,3 bilhões para apoiar a cafeicultura. Portanto, as liberações poderão ser feitas até o dia 31 de dezembro, com base na solicitação dos bancos e segundo a disponibilidade financeira do fundo - afirmou Ferreira.

Os cafeicultores afetados por chuvas de granizo terão até 31 de março de 2009 para acessar os créditos. Para as linhas de estocagem, o prazo vai até 31 de janeiro. O financiamento abrange produtores, cooperativas e indústrias torrefadoras.