Sharp deve fechar duas plantas de LCD, diz jornal

SÃO PAULO, 11 de dezembro de 2008 - A fabricante de produtos eletrônicos Sharp deverá fechar duas fábricas no Japão que produzem painéis de cristal líquido (LCD) para celulares e notebooks, segundo informa hoje o jornal econômico Nikkei, citando fontes ligadas a companhia.

Esta será a primeira vez que a Sharp encerra sua produção nos negócios de LCD, afirmou a publicação, após revelar que as duas linhas foram criadas na década de 90 e que ainda produzem painéis de LCD de baixa definição.

A notícia sobre a Sharp surge ao mesmo tempo que a AU Optronics Corp de Taiwan, terceira maior fabricante de LCD do mundo, atrasará a construção de sua próxima geração de fábricas de LCD por pelo menos seis meses, devido à crise no mercado financeiro internacional.

(Redação - InvestNews)