Rio Tinto atrasa plano de investimento em projeto de Nova Guiné

REUTERS

CONAKRY - A mineradora Rio Tinto atrasará seu investimento planejado para o projeto de minério de ferro em Simandou. no valor de 6 bilhões de dólares, à medida que reduz os gastos e o quadro de funcionários, informou a companhia nesta quarta-feira.

- No final da semana passada, nós contatamos o governo para informá-lo de que iríamos adiar nossos investimentos- disse Jordan Feilders, porta-voz da Rio Tinto em Guiné.

A companhia, que possui quase 40 bilhões de dólares em débito líquido, está lutando contra a queda acentuada nos preços dos seus produtos mediante a diminuição das projeções de demanda como resultado da crise financeira global.