Decisão de manter a Selic não surpreende, avalia Colombo

SÃO PAULO, 10 de dezembro de 2008 - A decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) em manter a taxa básica de juros Selic em 13,75% ao ano vem dentro do esperado pelo mercado, avalia Flávio Colombo, administrador de investimentos.

De acordo com Colombo, o Copom está sendo cauteloso diante do atual cenário financeiro, e aguarda para ver se a crise afetará a economia do Brasil.

Para a próxima reunião, o administrador de investimentos acredita que o Copom possa iniciar um processo de redução de juros, porque terá uma visão mais clara da situação econômica. "Caso a economia brasileira não apresente desaceleração, o que não é esperado, a política de juros terá que ser reavaliada", disse Colombo.

(Micheli Rueda - InvestNews)