Bovespa abre em alta na expectativa de resgate a montadoras

Portal Terra

SÃO PAULO - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) abriu os negócios em alta nesta quarta-feira, na expectativa da aprovação do plano de resgate às montadoras nos Estados Unidos e da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) em 2008. Às 11h17 (de Brasília), o Ibovespa tinha variação positiva de 2,45%, aos 38.900 pontos.

Na última sessão, a bolsa paulista teve desvalorização de 0,8%, depois de avançar 8% na segunda-feira. Os negócios devem ser influenciados pelo acordo sobre o plano de resgate de US$ 15 bilhões para General Motors (GM), Chrysler e Ford, que deve ser votado ainda nesta quarta-feira pela Câmara dos Representantes e depois deve passar pelo Senado.

No âmbito nacional, o mercado centra as atenções na reunião do Copom que definirá a nova taxa básica de juro. Segundo os especialistas, se depender do recuo dos índices inflacionários, o Banco Central (BC) não terá porque elevar a taxa Selic.

Dentro das notícias corporativas, a mineradora anglo-australiana Rio Tinto anunciou que irá demitir 14 mil funcionários e cortar US$ 5 bilhões em gastos no próximo ano. Além disso, o Citigroup também cortará cerca de mil postos de trabalho (10% de seus funcionários) em sua filial japonesa Nikko Cordial mediante pré-aposentadorias.