Vale não vê continuidade do aumento de preços de matérias-primas

REUTERS

PARIS - A Vale afirmou nesta quarta-feira que não espera outro ano de aumento contínuo de preços de matérias-primas por conta da desaceleração global.

- Nós temos uma crise de crédito, contração na economia, grandes processos de redução de estoques de matérias-primas em andamento e a demanda está realmente fraca- afirmou Fidel Blanco, diretor administrativo de vendas de minério de ferro da Vale durante conferência em Paris.

Ele insistiu que a mineradora brasileira mantém seu apoio ao sistema de benchmark dos preços do minério de ferro e disse que a empresa não está muito ansiosa sobre a possibilidade de adoção de novos mecanismos de preço.