Economia da Austrália tem expansão de 0,1% no 3º trimestre

SÃO PAULO, 3 de dezembro de 2008 - O Produto Interno Bruto (PIB) da Austrália cresceu 0,1% entre julho e setembro deste ano, em relação ao trimestre anterior, segundo dados divulgados hoje pelo Escritório Australiano de Estatísticas. O resultado, que segue uma expansão revisada de 0,4% observada entre abril e junho, representa o menor ritmo de crescimento da economia australiana em oito anos.

Já em relação ao terceiro trimestre de 2007, o PIB da Austrália avançou 1,9%, influenciado, entre outros fatores, pela desaceleração do consumo. Somente em outubro, as vendas no varejo do país avançaram 0,2%, em relação ao mês anterior.

O ministro das Finanças da Austrália, Wayne Swan, afirmou que os dados do PIB são "positivos, levando em conta o contexto de uma recessão global". Swan lembrou que economias de países como Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, Itália, Japão, Cingapura e Hong Kong registraram crescimentos negativos entre julho e setembro de 2008.

Ontem, o Banco Central da Austrália anunciou uma redução na taxa básica de juros em 1%, para 4,25% ao ano. Este é o menor nível do juro australiano em seis anos. Além disso, a medida representa a maior série de cortes no juro realizada pela autoridade monetária australiana desde a recessão em 1991.

No início de setembro, o Banco Central da Austrália reduziu a taxa básica de juros em 0,25 ponto percentual, para 7% ao ano. Já em outubro, a autoridade monetária realizou um corte de 1 ponto percentual nos juros, para 6% ao ano, e no começo de novembro promoveu um novo corte, para 5,25% ao ano.

(Thiago Peres - InvestNews)