Diretor pede cautela na análise de relatórios

SAO PAULO, 2 de dezembro de 2008 - O diretor-presidente da BM&FBovespa, Edemir Pinto, chamou a atenção hoje, durante sua apresentação no Fórum de Líderes, para a questão dos preços dos ativos embasados em relatórios de analistas especializados em cobrir determinados segmentos. "Muitos destes analistas tem pouco mais de 27 anos. Respeito os jovens, mas em momentos de crise, o que vale são os cabelos brancos", disse.

Ele ainda ressaltou que as projeções futuras para as empresas, muitas vezes de cinco anos, derrubam o valor presente dos papeis. "Acredito que seja necessário maior cautela na hora de projetar já que crise não é o momento ideal para isto", afirmou o diretor-presidente da BM&FBovespa.

Para Edemir Pinto, o acompanhamento do conteúdo destes relatórios não deve ser feito por uma entidade de classe, como a Apimec, por exemplo. "Isso é uma questão individual do analista, é uma reflexão própria", completou o executivo.

(Vanessa Correia - InvestNews)