Conta corrente da Coréia do Sul terá superávit, diz Goldman Sachs

SÃO PAULO, 2 de dezembro de 2008 - O banco de investimento norte-americano Goldman Sachs prevê que a conta corrente da Coréia do Sul registrará saldo positivo a partir de 2009. O resultado ocorrerá por conta da redução das importações, queda nos preços dos produtos e aumento da competitividade graças ao câmbio (won, moeda sul-coreana).

No entanto, o gigante bancário estima que as exportações sul-coreanas ainda continuarão caindo no decorrer de 2009, principalmente por conta dos efeitos da crise no sistema financeiro mundial.

Mesmo assim, o Goldman Sachs manteve suas previsões para o won-dólar durante os próximos três, seis e nove meses: 1.450 won, 1.400 won e 1.300 won por cada unidade de dólar, respectivamente.

(Redação - InvestNews)