Caixa supera R$ 20 bi em financiamentos

SÃO PAULO, 2 de dezembro de 2008 - A Caixa Econômica Federal superou as expectativas de crescimento e bateu novo recorde em financiamento habitacional. Até 28 de novembro foram assinados 446 mil contratos no valor de R$ 20,4 bilhões, que representa um crescimento de 60% em relação ao mesmo período do ano passado, quando o banco alcançou R$ 12,7 bilhões.

A expectativa é aplicar R$ 22,8 bilhões até o final deste ano e chegar atingir 500 mil financiamentos. Para 2009, a meta é superar os valores deste ano, mantendo as condições de financiamento (prazos e taxas de juros).

Em 2008, foram assinados 1.924 contratos em média, por dia, o que corresponde a cerca de R$ 88 milhões. Se considerada a performance apenas do segundo semestre de 2008, a média sobe para 2.466 contratos por dia, no montante de R$ 107 milhões. Em 2007, de janeiro a novembro, a média diária de financiamentos foi de R$ 56 milhões.

Este ano, os empréstimos com recursos das cadernetas de poupança (SBPE) já superaram R$ 9,3 bilhões, contra a meta de R$ 9,2 bilhões, ou seja, crescimento da ordem de 76% em relação aos R$ 5,2 bilhões de 2007. O novo desafio é superar R$ 10 bilhões até 31/12/08.

Já na linha de financiamento que utiliza recursos do FGTS, a CAIXA bateu R$ 10,2 bilhões, o que representa um crescimento de 60% em relação com o mesmo período de 2007. A perspectiva é que a CAIXA atinja a marca de R$ 11,7 bilhões até o final deste ano.

Para o vice-presidente de Governo da CAIXA, Jorge Hereda, esse recorde se deve principalmente à prática do banco de oferecer as melhores condições de mercado para os seus clientes, principalmente com relação à taxa de juros, quota e prazos de financiamentos. ´A CAIXA cumpre o seu papel de banco público, priorizando o desenvolvimento econômico e social do país, atuando para a redução do déficit habitacional brasileiro´, destaca.

(Redação - InvestNews)