Dívidas devem ser quitadas com 13º salário, diz Anefac

SÃO PAULO, 11 de novembro de 2008 - Assim como ocorreu nos anos anteriores a grande maioria dos trabalhadores (60%) pretendem utilizar o 13º salário para o pagamento de dívidas já contraídas (aumento de 3,45% sobre 2007), segundo pesquisa realizada pela Associação Nacional dos Executivos de Finanças Administração e Contabilidade (Anefac).

Houve uma redução de 25% de 2007 para 2008 no número de consumidores que pretendem utilizar o 13º para a compra de presentes. Ainda é baixo o número de trabalhadores que pretendem guardar parte dos recursos recebido no 13º salário para fazer frente às despesas do começo do ano.

O levantamento ressalta ainda que houve uma elevação de 28,57% no número de consumidores que já receberam ao longo do ano o 13º salário ou que fizeram empréstimo antecipando do mesmo.

A primeira parcela do 13º salário deverá ser paga no dia 30 de novembro e a segunda no dia 20 de dezembro.

(Maria de Lourdes Chagas - InvestNews)