Deutsche Bank não recorrerá à ajuda estatal, diz presidente

REUTERS

FRANKFURT - O Deutsche Bank, maior banco da Alemanha, não irá recorrer ao fundo de resgate proposto pelo governo alemão para ajudar bancos atingidos pela crise financeira global, disse o presidente-execuivo do banco neste domingo.

- Da perspectiva de hoje, nós não iremos fazer parte do fundo de resgate porque nós somos fortes - disse Josef Ackermann em entrevista ao canal público alemão TV ZDF, transmitido no fim do dia de domingo.

- Nós temos uma base de refinanciamento muito, muito forte, portanto nós não precisamos usar o pacote de resgate - acrescentou ele.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais