BB e TIM lançam serviço de mobile banking

O Banco do Brasil traz, em parceria com a TIM - pioneira no lançamento dos smartphones BlackBerry no Brasil - o serviço de Mobile Banking para o aparelho da fabricante canadense Research In Motion (RIM). A solução customizada pela EverMobile, líder no fornecimento de soluções para viabilização de Serviços Financeiros Móveis, permite a realização de transações bancárias pelo celular com alto grau de segurança, usabilidade e performance.

'Temos um perfil de pioneirismo e acreditamos que a mobilidade é um caminho sem volta. A partir desse acordo, ampliamos o alcance do nosso serviço de Mobile Banking, que oferecemos desde 2000, diz Denis Corrêa, Gerente Executivo de Canais Virtuais da Diretoria de Varejo do Banco do Brasil. A instituição foi a primeira a lançar o serviço no país.

O potencial da parceria pode ser visto pelo perfil de usuários do smartphone BlackBerry, amplamente utilizado no mundo corporativo. 'Trata-se de um perfil de usuário que já tem intimidade e facilidade em lidar com tecnologia. Por essa razão, acreditamos na rápida adoção da solução' pelos clientes da Instituição, explica Raul Pavão, diretor de marketing e alianças da EverMobile.

Hoje, o Banco do Brasil já possui a maior base de usuários de Mobile Banking do país. Com o acordo, a expectativa é que esse número cresça significativamente entre os usuários de smartphones.

Com a maior base de usuários de BlackBerry no Brasil, a TIM vê nessa parceria uma possibilidade de ampliar sua oferta de serviços que unem comodidade à agilidade. 'Colocar a inovação a serviço dos nossos clientes é uma das grandes motivações da TIM. Este lançamento une uma melhor experiência do consumidor em mobile banking com máxima segurança e comodidade', esclarece Marco Lopes, Diretor de Marketing da TIM.

Para atender os usuários, a EverMobile customizou uma versão especial para os aparelhos BlackBerry, que possui novo layout e melhor performance, baseada na exclusiva plataforma tecnológica MobileFramework desenvolvida pela empresa.

(Redação - InvestNews)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais